Roteiro semanal para aprender inglês sozinho

Roteiro semanal para aprender inglês sozinho

Todos sabem que o inglês é indispensável para um sucesso promissor de qualquer profissional. Dominar outro idioma, principalmente para quem mora num país como o Brasil, é essencial para se destacar em um emprego. 

Mas, e quando falta tempo para voltar à sala de aula? Aqui você vai poder achar a melhor forma de estudar. Confira por onde começar e o que fazer dia a dia no decorrer da semana.

Segunda-feira!


Ouça:

Cursos gratuitos do Coursera, palestras no TED são boas fontes de aprendizado. A gama de temas é enorme, basta escolher o assunto que mais chamar a sua atenção.

Terça-feira!


Fale:

Uma refeição do dia conversando em inglês com um amigo, colega ou parente que tenha, pelo menos, nível intermediário é a indicação do dia. Para quem não encontrar disposição entre as pessoas mais próximas, vale apostar em conversas por Skype ou outras plataformas.

Quarta-feira!


Leia:

Escolha uma notícia por semana, em um portal de notícias em inglês. A dica é começar por reportagens cujo assunto você já leu em português e, que, portanto, já tem noção do contexto.

Quinta-feira!


Aprenda ou relembre uma estrutura gramatical:


Do que ouviu na palestra do TED ou no curso do Coursera, na conversa com o amigo ou do que leu na notícia, escolha uma estrutura gramatical para pesquisar.


Sexta-feira!


Aprenda cinco palavras:

Ao longo das atividades realizadas durante a semana, é bem provável que tenham surgido palavras novas das quais vocês não sabe o significado. Anote-as e pesquise os usos e sentidos empregados.

Sábado!


Escolha uma música:

Use uma música de que você gosta e já conhece faz tempo para aprender vocabulário, estrutura e pronúncia. Estude a letra em inglês, e, se for preciso, consulte a sua tradução.

Domingo!


Mude seu jeito de ver filmes:

A dica de estudo para o domingo é assistir a um filme americano ou inglês de um jeito diferente. Tente, por alguns minutos, se concentrar no idioma que ouve, palavras, estrutura, pronúncia, e não apenas ler a legenda.

E você, conhece alguma dica? Comente!


Nenhum comentário:

Postar um comentário