Ariano Suassuna - Vida e Principais Obras

Ariano Suassuna - Vida e Principais Obras

Ariano Suassuna foi um grande escritor e dramaturgo brasileiro, autor da famosa obra chamada de Auto da Compadecida, considerada sua obra prima que foi adaptada para o cinema e televisão.

Suassuna foi ocupante da cadeira nº 32 na Academia Brasileira de Letras (eleito em 1989). Também foi membro da Academia Pernambucana de Letras (a partir de 1993) e da Academia Paraibana de Letras (eleito em 2000).


Ariano Vilar Suassuna nasceu em 16 de junho de 1927, na cidade de João Pessoa, Paraíba. Nasceu no seio de uma família abastada, visto que seu pai, João Suassuna, era presidente do Estado, cargo que mais tarde passa a ser de governador.

Com o assassinato de seu pai em meio a Revolução de 30, a família muda-se para Taperoá e mais tarde para Campina Grande, ambas cidades na Paraíba. Na adolescência foi viver no Recife, capital de Pernambuco. Ali, foi estudante do curso de Direito, na Universidade Federal de Pernambuco formando-se em 1950.

Durante seus anos na graduação, escreve sua primeira peça de teatro “Uma Mulher Vestida de Sol” e com ela recebeu o prêmio Nicolau Carlos Magno.

Ao lado de Hermilo Barbosa Filho funda o “Teatro do Estudante de Pernambuco”. Essa criação foi a chave para escrever mais peças, as quais foram encenadas no local. Chegou a trabalhar na área de advocacia, no entanto, não deixou de lado sua paixão pela escrita. Assim, continuou escrevendo peças e romances.

Casou-se com Zélia de Andrade Lima Suassuna em 1957 e com ela teve seis filhos.

Ariano Suassuna produziu muitos romances, contos, poesias durante sua vida e aqui você pode acompanhar algumas obras.

Suas Principais Obras:

01. Uma Mulher Vestida de Sol (1947) 
02. Cantam as Harpas de Sião ou O Desertor de Princesa (1948)

03. Os Homens de Barro (1949)

04. Auto de João da Cruz (1950)

05. Torturas de um Coração (1951)

06. O Castigo da Soberba (1953)

07. O Rico Avarento (1954)

08. Auto da Compadecida (1955)

10. O Santo e a Porca (1957)
11. O Homem da Vaca e o Poder da Fortuna (1958)

12. A Pena e a Lei (1959)
13. Farsa da Boa Preguiça (1960)
14. A Caseira e a Catarina (1961)

15. O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta (1971)



Nenhum comentário:

Postar um comentário