“Paraolimpíadas” ou “Paralimpíadas”?

[YOUR ADS HERE]
Para refletirmos sobre esse tema, proponho a leitura do trecho inicial desta notícia:

noticia
Disponível em: <http://www.esporte.gov.br/>. Acesso em: 26/08/16.
Note que, na mesma notícia, publicada em maio do ano passado, no “Portal do Ministério do Esporte”, aparece a forma Paraolímpicos para a designação dos atletas e, posteriormente, dos jogos voltados para as pessoas portadoras de algum tipo de deficiência; e a forma Paralímpico para a referência ao Comitê. Mas, por que a mudança na grafia no texto acima? Bom, em novembro de 2011, quando houve o lançamento da logomarca das Paralimpíadas (2016), o Comitê Internacional Paralímpico solicitou a retirada da vogal “o”, a fim de que a grafia da palavra no português do Brasil, sede dos próximos jogos, se alinhasse àquela utilizada nos demais países que têm a Língua Portuguesa como idioma oficial.
Neste ano, podemos observar nas notícias, que integram o “Portal do Ministério do Esporte” e outros veículos, o emprego apenas da forma “Paralímpicos”, em consonância com a solicitação do Comitê. No entanto, é importante destacar que significativa parte dos gramáticos brasileiros considera esse fato linguístico inaceitável. A forma “Paralimpíadas” ainda não foi registrada nos dicionários ou no “Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras”. Desse modo, a grafia da palavra “Paraolimpíadas” ainda é a considerada correta. Estamos diante de uma questão controversa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário