ESPM promove evento sobre capacitação de professores

[YOUR ADS HERE]
Olá, professores!


Quer saber como anda o desenvolvimento dos professores no Brasil? Pois a Clinton Education, empresa de educação fundada em Nova Iorque e operando no Brasil desde fevereiro, elaborou o estudo “Desenvolvimento Docente no Ensino Superior Brasileiro (2015)”.

O trabalho trata da capacitação de docentes e pesquisadores no ensino superior brasileiro para a Higher Education Academy (HEA), instituição oficial do Reino Unido para a promoção do ensino e aprendizagem no Ensino Superior, e que atua em mais 12 países.

O Brasil possui aproximadamente 2.400 universidades, das quais 87% no setor privado, com mais de 7,5 milhões de universitários e 330 mil docentes (40% mestres, 33% doutores e 27% com pós-graduação lato sensu). Atualmente, existem 204 mil pesquisadores matriculados em programas de mestrado e doutorado. Somando o número de pesquisadores e docentes, o país conta com um total de 534 mil acadêmicos atuando no ensino superior.

Como capacitar tantos educadores?

As instituições de Ensino possuem um grande desafio de capacitar seu corpo docente para atender às necessidades do país. Segundo os entrevistados da pesquisa, no Brasil, os custos de programas de desenvolvimento de ensino e aprendizagem variam de R$35 a R$215 por hora por participante.

A procura por capacitação internacional pelos docentes tem crescido nos últimos anos, com custos que variam de R$190 a R$500 por hora para cursos realizados fora do Brasil.

“Com mais de 65 mil docentes desenvolvidos pelos seus programas, a HEA é o parceiro ideal para ampliar a capacitação docente no Brasil”, explica Thiago de Carvalho, Country Manager da Clinton Education e um dos responsáveis pela pesquisa e associado acadêmico da HEA no Brasil.

Formação de professores

A partir dos resultados da pesquisa, a HEA fechou parceria com a Clinton Education para auxiliar instituições de ensino no desenvolvimento de modelos de ensino-aprendizagem e na formação de professores do Ensino Superior.

Uma das iniciativas é a vinda de executivos da HEA ao Brasil para realização de programas de capacitação para coordenadores e reitores de instituições de ensino brasileiras. “O Brasil é um mercado promissor que pode desenvolver uma cultura de capacitação de professores e profissionais da educação. Isso irá beneficiar todo sistema de ensino superior”, conclui Jonathan Ray, Head International da Higher Education Academy.

Evento sobre educação

No dia 04 de novembro, acontece na ESPM em São Paulo, a divulgação dos principais resultados do estudo, que trazem informações relevantes em comparação com modelos internacionais de ensino-aprendizagem para ampliar o desenvolvimento e capacitação de professores no ensino superior brasileiro.

A apresentação será feita por Thiago de Carvalho, mestre em educação pela New York University e associado acadêmico da HEA no Brasil, com análise de Rajesh Dhimar, Academic Development Officer da Higher Education Academy.

Data: 04/11
Horário: 18h30
Local: ESPM, Rua Dr. Álvaro Alvim, 123, São Paulo.
O que: Programa de Ensino: Ensino e aprendizagem: Modelos Internacionais – o evento apresentará as principais descobertas da pesquisa “Desenvolvimento e Capacitação de Docentes no Ensino Superior Brasileiro”. Apresentação dos principais resultados da pesquisa desenvolvida para a HEA.
Inscrições: para confirmar sua presença acesse o Meetup do evento.

Clinton Education

A Clinton Education, criada por educadores especializados em adultos, é uma empresa nascida no West Side de Manhattan, em New York, em operação no Brasil desde fevereiro de 2015.

Por meio do Center for Teaching and Learning desenvolve professores e futuros professores de universidades, educação continuada, coaching, mentoring e consultorias.

A Clinton desenvolveu a solução de ensino QEMP (Quociente Empreendedor), ferramenta adaptativa que apoia equipes durante o desenvolvimento de novos projetos, tanto em empresas nascentes quanto estabelecidas.

Para conhecer outros programas educacionais da empresa, acesse o site oficial da Clinton Education.

HEA (The Higher Education Academy)

A HEA é uma instituição oficial do Reino Unido para a promoção do ensino e
aprendizagem no Ensino Superior. Desenvolve métodos de ensino baseados em evidências e bolsas de estudo como forma de reconhecimento profissional para os professores universitários.

Sob o lema “INSPIRING TEACHING, TRANSFORMING LEARNING”, a HEA possui 60 mil professores certificados no Reino Unido e 5 mil em outros 12 países. É suportada pelas duas únicas entidades responsáveis pelo tema: Universities UK, fundada em 1918 e composta por mais de 100 membros e pela GuildHE, fundada em 1967 e composta por 112 membros.

ESPM

Fundada em 1951 com o nome Escola de Propaganda do MASP e sob o slogan ‘Ensina quem faz’, a ESPM tinha como filosofia, mantida até hoje, reunir profissionais do mercado para ministrar seu curso, associando a prática com a teoria. Em pouco tempo já era reconhecida como uma das principais instituições de ensino do País.

Considerada um centro de excelência no ensino de Comunicação, Marketing e Gestão, a oferta de novos cursos de graduação era o caminho natural a ser seguido. E desta forma, a ESPM ampliou seu portfólio: Administração (1991); Design (2004); Relações Internacionais (2006); Jornalismo (2011); Sistemas de Informação em Comunicação e Gestão (2014); Cinema e Audiovisual (2015); e Ciências Sociais e do Consumo (2015). O início do século XXI também ficou marcado pela introdução dos programas de mestrado e doutorado.

Participe deste evento sobre a educação e os docentes e professores do Brasil. Você vai entender melhor como as coisas estão funcionando atualmente e assim, poderá trabalhar para melhorá-las.

Até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário